A vida

segunda-feira, 22 de julho de 2013


As vezes eu paro e penso. Penso em tudo, tudo que se foi, que já vivi, em tudo que sonhei e que jamais aconteceu! Nos meus dias cotidianos, nas coisas sutis, nas grandes coisas que aconteceram que deixaram marcas, nas coisas boas e ruins também. Penso nas pessoas que já passaram por mim, pessoas extraordinárias, algumas ordinárias somente, pessoas especiais que contribuíram de alguma forma para a minha bagagem. Penso em Deus, penso no valor da vida. Penso no se... e se isso acontecesse, e se eu tivesse vivido isso, e aquilo, e se eu não tivesse nascido e se tivesse nascido em outra família, em outro país, talvez em outra cidade, e se...
A vida é constituída assim. Em um assopro Deus me formou,   em um ato foi concebida, lutei entre sei lá quantos espermatozoides e venci! Não sei se trouxe alegria ou tristeza quando souberam da minha existência, não sei se trouxe alegria ou desconforto quando ainda estava no ventre, mas eu nasci! Quantas vitórias conquistadas até que chegasse nesse mundo? Muitas! Muita coisa poderia ter acontecido, e eu simplesmente nem ter nascido, mas eu nasci e perfeita!
Quando criança eu dei muitas risadas, chorei muito também, aliás essa sempre foi a minha especialidade. Me diverti, caí, machuquei, dei trabalho, fiquei doente, passei noites no hospital e sobrevivi!
Perdi meu pai, ganhei outros irmãos, fui crescendo e conhecendo o mundo como ele é, quer dizer como dizemos que ele é. Era tudo tão mais simples quando eu era criança, meu mundo era diferente, digamos que inocente. Eu costumava dizer que se todo mundo tivesse a cabeça igual a minha, o mundo seria bem melhor! Mas é verdade, se todo mundo agisse na simplicidade como as das crianças, o mundo seria bem melhor!
Ao longo da vida, na medida em que vivemos adquirimos conceitos, marcas e valores, e estes acabam permanecendo. Não digo que são ruins, alguns até são, mas outras são necessários, fazem parte do crescimento. São as experiências que leva a aperfeiçoar quem somos.
Neste emaranhado de pensamentos, eu penso em como Deus é! Cada detalhe, cada etapa, cada gesto, cada mudança, em tudo Ele está.
O que seria da vida sem Deus? É, simplesmente não haveria vida, porque Ele é a Vida. Ele me trouxe à existência. Se eu não existisse talvez ficasse no se... porém, Ele me formou e me criou, mas sem Ele nada existiria, porque tudo é obra de suas mãos.

E aí, pensando nisso tudo, em mim, em Deus, na vida... Que coisa mais profunda! Eu só poderia terminar dizendo, tudo que foi, o que é, e o que há de ser, tudo, vem de Deus. Eu contribuo para o andamento da carruagem através das minhas atitudes e escolhas, mas nada, nada acontece se Deus não permitir. E quem é este Deus? Quem é este? É aquele que me trouxe à existência, que trouxe o mundo à existência, é aquele que reina sobre todos, é o Senhor da minha vida.






Ocorreu um erro neste gadget
Design e código feitos por Julie Duarte. A cópia total ou parcial são proibidas, assim como retirar os créditos.
Gostou desse layout? Então visite o blog Julie de batom e escolha o seu!