Retorno

sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Estou com um pouquinho de tempo, então vou relatar aqui as novidades.

Acabo de retornar do consultório médico, e trago notícias boas, embora tenha recebido um bom puxão de orelha (éh... acho bom andar na linha). Segundo os exames estamos progredindo! TSH ainda não está 100%, leva pelo menos 2 anos para chegar a esse patamar, mas está muiiiiiiito melhor que a 6 meses atrás. Cálcio e Ferritina subiram (aleluia!!!), subiram pouco o que implica continuar com a medicação, mas o Dr., disse que é assim mesmo, levando em consideração que a taxa estava lá em baixo. Estou bem, muito bem! Agora é só controle e cuidado, o que é indispensável para o bom andamento da saúde. Cuidado com os horários e alimentação é o que pra mim é um desafio, mas que até aqui eu tenho vencido. Hahaha, não sou lá a pessoa mais disciplinada do mundo, mas estou conseguindo, estou chegando lá.

Conquistas. Estou adquirindo experiência e isso é muito bacana. Todas as vezes que posto aqui falo o quanto sou grata a Deus pelas pessoas que Ele coloca ao meu lado para caminhar comigo, e dessa vez não será diferente. Agradeço mesmo àquelas pessoas que estão sempre ao meu lado auxiliando e ajudando na caminhada.
Estou em uma nova etapa, correndo feito louca, mas muito feliz. Iniciei o Estágio Supervisionado essa semana, estou fazendo em uma escola particular (é uma loucura, correria total, bota cansaço nisso), cheia de trabalhos para fazer. Ôh fase boa môh Deus! O curso está a todo vapor, os professores não dão uma folguinha pra gente, mas bora lá, está acabando!!!

Sim, coisas grandiosas fez o Senhor por nós, por isso estamos alegres.
Senhor, restaura-nos, assim como enches o leito dos ribeiros no deserto.
Aqueles que semeiam com lágrimas, com cantos de alegria colherão.
Aquele que sai chorando enquanto lança a semente, voltará com cantos de alegria, trazendo os seus feixes.  
Salmos 126:3-6

Daqui a pouco a gente volta

quinta-feira, 4 de setembro de 2014


A verdade é que eu não acordei triste hoje, nem mesmo com uma suave melancolia, está tudo normal. Mas quando fico triste, também está tudo normal. Porque ficar triste é comum, é um sentimento tão legítimo quanto a alegria, é um registro de nossa sensibilidade, que ora gargalha em grupo, ora busca o silêncio e a solidão. Estar triste não é estar deprimido. Tem dias que não estamos pra samba, pra rock, pra hip-hop, e nem pra isso devemos buscar pílulas mágicas para camuflar nossa introspecção, nem aceitar convites para festas em que nada temos para brindar. Que nos deixem quietos, que quietude é armazenamento de força e sabedoria, daqui a pouco a gente volta, a gente sempre volta, anunciando o fim de mais uma dor – até que venha a próxima, normais que somos.”

___________________ Crônicas de Martha Medeiros

Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu.
Tempo de chorar, e tempo de rir; tempo de prantear, e tempo de dançar. 
                                                 Eclesiastes 3:1;4






Ocorreu um erro neste gadget
Design e código feitos por Julie Duarte. A cópia total ou parcial são proibidas, assim como retirar os créditos.
Gostou desse layout? Então visite o blog Julie de batom e escolha o seu!